NOTÍCIAS
 
29/03/2016 - 14:18h
A HISTÓRIA DO BÁRBARO

BÁRBARO - UM BICUDO, O BICUDO!

 

Amigos, como sempre começo, gostaria de compartilhar com vcs a história deste grande bicudo. O Bárbaro, que já ganhou o nome "do Quinto Dia" devido à sua origem desconhecida.

Era meio da temporada, a equipe Quinto Dia contava com Amadeu, Geraldo e Mirião. O Geraldo já estava repetindo fácil acima dos 60 segundos. E o Mirião, a cada torneio me encantava. (como é parecido com seu pai!)

Num domingo a casa estava cheia. Meu pai estava me visitando e passando uns dias em minha casa e neste domingo recebi aqui em casa meu amigo Marcelo Ruro, de Capivari... estávamos brincando com os trincas e ouvido os bicudos cantando muito.

O Marcelo veio trazer o Ruro para aprender a galar e ficamos algumas horas conversando enquanto apreciávamos os passarinhos. Após as 11h, os bicudos já estavam na bateria desde às 9h, chegou em casa um conhecido roleiro da região com um bicudo cantando muito.

Neste momento, dei mais uma gasolina no Mirião e botamos a fogueira para pegar fogo novamente. Após mais de uma hora de tentativas, este senhor levou seu pássaro embora. Não quis largar, como se diz.

Ia levar em mais alguns torneios pois o bicho era uma fera mesmo. Aquele bicudo não saia de minha cabeça. Falei com meu pai e com minha esposa... o bicho era mesmo uma fera, sem comentários.

Como todo bicudeiro, perdi o sono por algumas noites. Até que soube que o bicudo estava sendo negociado com o amigo Ralph de Capivari. Mais algumas ligações e parecia que o negócio pra mim não tinha dado certo.

Me contentei com a história e desisti!

Alguns dias mais tarde recebo a ligação do Ralph... dizia: - O bicudo está aqui comigo, tem rolo? FIQUEI MALUCO! Mas agora o valor do bicho tinha duplicado... fiz minhas contas, e coloquei à disposição todos os meus bicudos com exceção do Gengis Khan e do Mirião. Foi um filho do Tornado, o Geraldo, o Amadeu e muitos outros...

Enfim, fui buscar o bichão. Era um sonho... a cabeça com início de fungos. O bico estava em plena troca! Mas como cantava... Ainda sem fêmea levei no primeiro torneio, em Sto André. Como catanva. Primeiro lugar com 6:11. Depois foram mais alguns torneios, mais alguns primeiros lugares sempre perto dos 6 minutos.

Ninguém sabe de onde surgiu este bicudo. Até chegar na mão deste senhor de Porto Feliz, passou por Sorocaba. Foi avaliado por bicudeiros de canto e descartado por ter canto curto e com poucas notas. (além de não repetir)

Pois bem, na roda seu volume de canto é impressionante! Não fica mais que 10 segundos sem cantar! Mesmo comendo canta, chega a cair comida pelos cantos do bico. E não repete. Competiu em 5 torneios sem fêmea - 4 primeiros e 1 terceiro com média de 6 minutos.

Achei uma fêmea quente, aberta, vinda também de Capivari. Mas esta veio do Marcelo. Ele se entrosou com ela de tal forma que a danada começou a pedir gala... bem perto do torneio. Mantive longe, mas não teve jeito. Botou no carro indo ao torneio. Ele chegou e não sentiu muito no começo, mas no fim ficou nos 4:39.

Voltando pra casa, começamos o tratamento com cetoconazol para o fungo que já o deixara careca. Não parava de cantar e agora tem raiva de mim o danado! Fica brigando comigo! Antes de começar a muda, galou a Colibri. Última postura antes de ir para o criatório Phoenix do amigo Duda de Sto André.

Agora ele está em plena muda, cantando como se nada estivesse acontecendo. NUNCA VI UM BICUDO COMO ESTE. O estranho é que agora que está em muda, está passando 4 às vezes 5 cantos!


APÓS VÁRIOS TORNEIOS NA MINHA MÃO, FOI CEDIDO A UM BICUDEIRO DE RIBEIRÃO PRETO QUE O REPASSOU AO NAMI JAFET EM NITERÓI. POR LÁ DESTRONOU OS SOBE DESCE, FICANDO CAMPÃO DA PRÉ-TEMPORADA DE 2011, VICE NA TEMPORADA 2011 E BICAMPEÃO 2012 E 2013. UM FENÔMENO.

SEU FILHO, MARIOLA DO QUINTO DIA, GEROU VÁRIOS FILHOTES E INFELIZMENTE MORREU CEDO COM 5 ANOS APENAS. MAS SUA FILHA, BÁRBARA ESTÁ NO BICUDÁRIO CASSARO GERANDO FILHOTES POR LÁ...

 BÁRBARO do Quinto Dia - QUE SURPRESA!


< voltar

 
 
www.quintodia.com.br - 2017 - Desenvolvimento: